CASTING para longa-metragem independente “Confronto Inesperado”

CASTING para longa-metragem independente “Confronto Inesperado”

Está aberto casting de actores e actrizes para vários papéis do sexo masculino e feminino, de idades compreendidas entre 18 e 30 anos, preferencialmente com aparência de 25 anos, a integrarem o elenco da longa-metragem independente intitulada “Confronto Inesperado”. Trata-se de um enredo policial de elevada intensidade e grandes surpresas acompanhadas de volte-face, que se desenrola num único dia, uma fatídica Sexta-Feira 13.

Casting longa metragem

As candidaturas devem conter os seguintes elementos
•   Referência do(s) papel(éis) a que se candidatam, por ordem de preferência;
•   CV do(a) candidato(a);
•   1 Foto-retrato;
•   1 Foto de corpo inteiro, com a identificação da altura do(a) candidato(a), de preferência com o vestuário com que se propõem apresentar para as filmagens;
e deverão ser enviadas para o e-mail qvinto.imperio@gmail.com

Poderão candidatar-se actores/actrizes com ou sem experiência – a selecção dependerá de uma avaliação curricular e da prestação na sessão de casting.

O trabalho não é remunerado. Os elementos seleccionados terão direito a alimentação (pequeno-almoço, almoço e lanche) durante os dias de filmagem.

As filmagens decorrerão apenas aos sábados. O horário de filmagem será das 08:00 às 20:00 com paragem de 1 hora para almoço e meia hora quer para o pequeno-almoço, quer para o lanche. O local das filmagens será o Montijo.

De seguida identificam-se os personagens, com uma breve explanação de algumas características:

Ref. A – SOFIA (25 anos) – Inspectora da Polícia, inteligente e astuta, sofre as marcas de um divórcio nada amigável; procura conduzir o seu trabalho com diligência, mas já tem pouca paciência para lidar com os colegas e superiores hierárquicos.

Ref. B – DAVID (25 anos) – Agente dos Serviços Secretos, um idealista puro, com vontade de mudar o mundo. Sente o peso de um passado sofrido e luta em todas as ocasiões pela Justiça e pela Verdade. Indivíduo de elevada cultura e capacidade de raciocínio.

Ref. C – TERESA (28 anos) – Chefe de Divisão da Polícia, autoritária. Tem a secreta ambição de ascender a Directora, embora as coisas nem sempre lhe corram de feição. Para ela o trabalho é tudo. Não admite falhas.

Ref. D – DIOGO (25 anos) – Inspector da Polícia. Indivíduo de carácter moral dúbio. Aparenta ser honesto mas nem sempre se sabe qual a sua verdadeira motivação.

Ref. E – INÊS (25 anos) – Inspectora da Polícia. Profissional competente, mas um pouco ingénua e emocional; deixa-se iludir por paixões.

Ref. F – MANUELA (25 anos) – Inspectora da Polícia. Realista e madura. Apenas procura resolver os seus problemas de forma pragmática.

Ref. G – JOANA (25 anos) – Rapariga de uma enorme beleza física, consegue seduzir qualquer um. Não se lhe conhecem traços psicológicos, uma verdadeira incógnita.

Comente

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Ao continuar a navegação no site, está a aceitar o uso de cookies. Mais informação

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Fechar